“Falta” de Tempo – Mal vejo minha família

Atarefados demais pelo trabalho, famílias vêm se desestruturando e pais estão perdendo o controle sobre os filhos. O resultado disso é sentido por toda a sociedade ao ver os indicadores de violência, uso de drogas e sexualidade desordenada. Quem sente esse reflexo é sociedade como um todo. Cultivar mais tempo para a família, seria uma receita infalível, para reverter esse quadro. Como fazer isso sendo profissional de saúde “multi plantonista”? 

Segue aí 03 dicas para iniciar esse processo de mudança:

  1. Priorize o que é importante na sua vida. 

A distinção entre importante e urgente é, na verdade, muito simples. As coisas importantes são aquelas que contribuem para os resultados que queremos alcançar. As coisas urgentes são as que têm um prazo limite próximo. Nem sempre o que tem um prazo próximo é o que mais contribui para os meus resultados e nem sempre o que contribui para os resultados é urgente.

  1. Invista em produtividade para ganhar tempo.

Faça as suas tarefas cada vez melhores, para gastar cada vez menos tempo nelas. O segredo para não acumular tarefas baseia-se em duas competências das pessoas: planejamento e disciplina. A maioria das pessoas não sabe planejar. Acreditam que planejar é simplesmente decidir quando fizer as coisas, e colocá-las num dia da agenda. E não é bem assim!

  1. Seja feliz hoje.

Lembre-se que só se vive uma vez, por isso não deixe os seus planos afastá-lo das coisas interessantes que a vida proporciona de forma caótica e espontânea. Embora a maior parte das coisas que são urgentes possa ser planejada com antecedência, evitando “esquecimento e retrabalho”, a verdade é que há outras que simplesmente acontecem e que exigem uma resposta imediata. Quando uma oportunidade de negócio, ou de vida, surge temos que decidir se a vamos aproveitar naquele momento. Não desperdice sua oportunidade; o “sucesso exige mais” e a “felicidade é o caminho”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *