Nunca ouvi falar de alguém tropeçar em algo sentado!

“Continue indo, e as chances são de que você tropeçará em alguma coisa, talvez quando você menos se espera. Nunca ouvi falar de alguém tropeçar em algo sentado”. Charles F. Kettering

“Uma visão sem ação é apenas um sonho. Uma ação sem visão é apenas um passatempo. Mas uma visão COM ação… Poder MUDAR o MUNDO”.

Tudo o que queremos, que visamos em ter, tem o seu preço a ser pago, não falo só em pagar com moeda, mas sim em lutar por aquilo que é tão desejado aos nossos olhos – essa sem dúvida, trata-se de uma verdade “verdadeira”.

Pagamos o preço para termos nossa casa própria, nosso carro, um diploma da Universidade, uma família, um emprego etc. Por tudo pagamos um preço, mas há algo que não precisamos pagar, “A NOSSA SALVAÇÃO”, pois ela já foi paga na cruz do calvário. O Senhor Jesus pagou um preço incalculável por minha e por sua vida.

Muitas vezes reclamamos que não alcançamos nossas metas, sonhos. Mas será que estamos acreditando e agindo para que tudo isso seja alcançado?

Ter fé é muito importante, mas AGIR é imprescindível.

Hoje deixo aqui essa Reflexão: “Confie e Acredite se Quiser” – metáfora extraída da internet e que SIM, fez muito sentido pra mim, por isso está aqui.

“Um viajante ia caminhando em solo distante, às margens de um grande lago de águas cristalinas. Seu destino era a outra margem. Suspirou profundamente enquanto tentava fixar o olhar no horizonte. A voz de um homem coberto de idade, um barqueiro, quebrou o silêncio momentâneo, oferecendo-se para transportá-lo. O pequeno barco envelhecido, no qual a travessia seria realizada, era provido de dois remos de madeira de carvalho. Logo seus olhos perceberam o que pareciam ser letras em cada remo.

Ao colocar os pés empoeirados dentro do barco, o viajante pode observar que se tratava de duas palavras, num deles estava entalhada a palavra ACREDITAR e no outro AGIR.

Não podendo conter a curiosidade, o viajante perguntou a razão daqueles nomes originais dados aos remos. O barqueiro respondeu pegando o remo chamado ACREDITAR e remou com toda força. O barco, então, começou a dar voltas sem sair do lugar em que estava.

Em seguida, pegou o remo AGIR e remou com todo vigor. Novamente o barco girou em sentido oposto, sem ir adiante.

Finalmente, o velho barqueiro, segurando os dois remos, remou com eles simultaneamente e o barco, impulsionado por ambos os lados, navegou através das águas do lago chegando ao seu destino, à outra margem.

Então o barqueiro disse ao viajante: Esse porto se chama autoconfiança. Simultaneamente, é preciso ACREDITAR e também AGIR para que possamos alcançá-lo!

Queridos amigos!!

Essa história nos faz refletir que precisamos ter metas em nossa vida e acima de tudo acreditar e agir para que possamos alcançá-las. Será que em nossas vidas estamos utilizando esses remos para que a mesma vá para frente? Será que acreditar e agir fazem parte de nosso cotidiano, do nosso barco da vida? Amigos vamos usar os dois remos!

Até breve!

Aquele abraço de 40’

CrisKarla – Master Coach Integral Sistêmico

[email protected]

www.criskarla.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *